sexta-feira, 30 de setembro de 2011

O Suicídio é um ato egoísta?




Chegamos a uma época, em que os índices de suicídio esta em grande alta. É só ver nos jornais, meios de comunicação, que o assunto esta gerando bastantes comentários.
Nos últimos dias uma notícia chocou o mundo, o jovem Jamey Rodemeyer de apenas 14 anos, após se declarar como homossexual em um vídeo postado no You tube, se matou de uma maneira repentina, tendo ou não como motivo o bullying que ele sofria no seu social.
 Vídeo feito por Jamey Rodemeyer antes de morrer

Em 26 de março de 2011 a escritora Cibele Dorsa se jogou décima de seu prédio, ela já se encontrava com comportamento depressivo após a morte de seu namorado, quem também cometeu suicídio... Deixou pra trás uma filha de 8 anos, e um filho de 12.
 Fotos de Cibele Dorsa e seu namorado Gilberto Scarpa
Muitos Determinam como um ato que é cometido pela fraqueza, e outros escolhem como alternativa para eliminar a dor.
Na religião pregam que o suicídio é algo imperdoável, os que cometem irão diretamente para o inferno. No espiritismo, a alma fica vagando no vale dos suicidas, e por ai vai determinado por diversas crenças.
Uma grande parte da população acredita e afirma que os que cometem tal ato, é uma pessoa egoísta. Que não aceita a realidade que vive, e não valoriza a oportunidade de estar vivo.
“Na África cerca de 1 mulher é estuprada e morte a cada 1 minuto”.
“O Rio de Janeiro lidera com o maior grau de calamidade com o sistema publico de saúde, milhares de pessoas morrem todos os anos nas filas dos hospitais”. O caso é abafado para evitar maiores especulações.
O fato é que cada um sabe da sua dor. Todos têm o direito de tomar suas atitudes da forma que achar melhor. Mas esses direitos? Até onde ele pode ir?
Um grande culpado da falta de conscientização da nação é a escolha única de pensar apenas no “seu”, e acabam esquecendo do “nosso”.
“Meu irmão se você se matar ira deixar sua família, seus filhos, e uma esposa que te ama”.
Mas a dor do seu irmão é única naquele momento, apenas ele sentira dor em todo o mundo, amanhã terá o gosto de ontem, o hoje será eterno no hoje da aflição, e a única saída é deixar de existir.
“Mas o meu irmão é teimoso, perdeu toda sua fé”.
Então diga a ele que você não perdeu a fé nele, pois o sentimento é multo, e a ação dele estará prejudicando toda a família... Pois sim, é egoísta!
Diz a lenda, que uma bela moça se entristeceu por um motivo banal, aquele sentimento foi crescendo, e a cada dia a beleza foi se transformando em rugas e olheiras profundas. Notando que os dias levaram sua beleza, decidiu dar um fim em sua vida, mas a mesma havia perdido a única coisa que ela tinha de bom. Os dias foram passando e ela foi tomando coragem para tomar esse tipo de atitude... Em um dia frio de inverno, foi encontrada pendurada numa corda. No outro dia iria ser pedida em casamento pelo príncipe que de fato era muito belo, o mesmo havia se apaixonado pela beleza da moça.

Mais que egoísta é um ato em vão, uma passagem do ruim para o pior, uma mudança de dor para o desespero, e infundada para os que a comete.

Entretanto acabar com a dor é uma boa solução para o fim dos problemas, mas devemos usar de métodos contínuos de força de vontade! Pois é através deles que encontraremos a superação. Ceifar a vida pelo hoje, é a melhor alternativa apenas para os fracos. 

Um comentário:

  1. coloquei a foto do suicídio no nosso site e citando o teu link

    www.ministrogiulianocunha.com

    ResponderExcluir